Reforma na Suíça
Como funciona a reforma na Suíça

Como funciona a reforma na Suíça

Na Suíça a reforma só e paga a partir dos 64 anos para as mulheres e 65 para os homens.

Sua reforma depende de quantos anos descontou, quanto descontou e também de beneficios de assistência ou educação de filhos.

Quanto vou receber na reforma

Para obter uma reforma completa é necessário cumprir alguns obrigações de descontos para tal.

Para que tenha direito a uma reforma por inteiro terá que ter descontado, você e o empregador. A partir de seus 20 anos até a sua idade de reforma.

A quantia da reforma pode variar de acordo com seu salário em media destes anos todos.

Exemplo:

  • Se contribuiu sem nenhuma interrupção e sua renda anual media não excedeu os 14,100 francos. Recebe 1.175 francos.
  • Se contribuiu sem nenhuma interrupção e sua renda anual media não excedeu os 84.000 francos. Recebe o pagamento máximo que é de 2.350 francos.

Nota:A lei Suíça prevê que a quantia da reforma máxima não pode ser maior que o dobro da reforma mínima.

Como calcular a reforma de um casal

A regra seguinte aplica-se a casais:

  • Divída o salário do esposo ou esposa para saber a quantia de cada um.

Esta divisão só é feita no caso de:

  • Os dois no casal têm direito a um AHV ou AI Reforma ou Reforma por invalidez).
  • Quando é viúvo/a e tem direito a uma pensão de reforma.
  • Quando o casamento e resolvido por um divorcio.

Nota: A soma das reformas de um casal não pode ser superior a 150% da reforma individual máxima, ou seja 2.350 x 150% = 3.525 francos por mês. Se seu calculo e superior será reduzido individualmente no casal ate atingir o valor de 3.525.

Devo esperar pela idade oficial da reforma

Na Suíça a idade da reforma é aos 65 para os homens e 64 para as mulheres . Mas o AVS pensões profissionais oferece a possibilidade de se reformar aos 58 anos.

Atenção, a quantia a receber será ajustada por se ter reformado mais sedo.

Pode também adiar a reforma. Existem muita variantes que têm impacto no valor de sua renda mensal. Deve-se informar no centro de pensões da sua região.